segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Para variar...Desapareci... E Sim, para quem perguntou, estou viva! Bem, quase... Mas respirando estou


Ei gente, não é mais uma desculpa! Não sei se mencionei, fui estudar na França, fiquei 4 semanas em um Couchsurfing procurando apartamento, só que com aquela ânsia que temos de achar meu próprio espaço.... Bem, achei e me ferrei, tinha um "mezanino" leia-se um beliche com uma cama e armários, e uma altura de 1,20m. A escada era realmente de beliche, degraus curtos e finos, e tive que desfazer minhas malas embaixo e subir com tudo um milhão de vezes. Meu pé começou a doer, duas semanas antes das aulas. Em Abril eu tinha quebrado o pé, mas cuidei, fisio, etc, estava, bem, quando estava no outro ap, saia p/ dançar quase a semana toda, andava para lá e para cá, sem dor, então não achei que poderia ser algo remanescente da fratura. Em duas semanas que começou a doer, não conseguia encostar o pé no chão. Tinha que pedir ajuda p comprar coisas, pizza até falar chega,e não consegui nem começar a ir na aula. O seguro deu um problema (PORTO SEGURO my ass, não peguem este seguro, nem para dois dias). E ainda não tinha o seguro francês pq ´tó véia´, eu só ia conseguir em Novembro, mas não aguentava mais. e como para ter internet tinha que ter conta de banco, e onde eu estava eles pararam de abrir contas para estudantes, e como eu não tinha exatamente como sair procurando bancos, fiquei sem net.


Mas resumindo, voltei para esta bosta deste Brasil (sinto mt para quem gosta, mas opinião é igual... nariz, cada um tem o seu). Mas bem eu finalmente postei todos os comentários (desculpe-me  quem achou que eu tinha bloqueado ou que eu não quis postar, foi só a falta de Internet mesmo, foi mal. E ainda planejo cumprir minha promessa de responder os comentários. Mas antes tenho uma proposta para vocês.

Eu me comuniquei com um professor especializado em AH/SD ele se chama Michael E. Gerner, Ph.D., P.C. 


Ele se especializa em avaliação compreensiva, diagnóstico diferencial (estilo HOUSE), e consultas para estudantes talentosos/com Altas Habilidades, crianças/adolescentes/adultos duplamente excepcionais (2e), terceira cultura, multicultural/ internacionalmente móvel, e indivíduos com habilidades e aptidões especiais
Áreas de especialidades incluem avaliação de amplo espectro das deficiências de aprendizagem e habilidades especiais através da duração da vida, dislexia, espectro do autismo, DDA/TDAH, avaliações psicológicas e psico-educacionais de crianças, adolescentes, adultos, estudantes de faculdades comunitárias, estudantes universitários, estudantes de graduação avançados, estudantes de medicina, estudantes de direito, e outros estudantes de 'escolas profissionais para adaptação em programas e em testes de grande importância. 

Bem, conversei com ele no telefone, e ele perguntou como achei o tel dele, já que ele viaja por toda América Latina. EU falei que não, que foi em uma lista de especialistas em AH/SD em adultos nos USA. Ele perguntou perguntou o porquê de procurar um especialista estrangeiro, eu disse que há uma deficiência de especialistas no Brasil. De acordo com ele "Não! Vocês tem mais de 1.000 especialistas aí." "Mas tem psiquiatras também?" "Realmente a maioria é de psicólogos" Bem de acordo com nosso Ph.D. é só ligar no Disque AH/SD e todos seus problemas serão resolvidos... Ele se referiu a uma associação eu acredito que seja uma destas:
-  APAHSD - Altas Habilidades e Superdotação -apahsd.org.br/
www.altashabilidades.com.br/
conbrasd.org

  Eu aposto mais na ConBraSD, mas a 2ª também pode ser promissora. Agora Dr., mais de mil profissionais aqui
 no Brasil... Como é, igual trufa? Tem que ter porco geneticamente criado para achar, e SE achar é a peso de ouro,
 porque não sei como está o estado psicológico de vocês, mas psiquiatra e convênio é mistura que não existe há
 tempos viu... E se vc arriscar um, é 20 minutos na sala e pé na bunda, próóóximo! Sério.
  Mas então ele quis saber sobre o que eu gostaria de conversar com ele. Eu disse que fui diagnosticada cedo, e 
depois reconfirmada na adolescência e que já tem um tempo que estou com uns problemas sérios (quem não tem,
 levanta a mão ae, e ganha o Oscar AH/SD - é um cérebro, coberto com aquela 'gelequinha (com q mesmo)'
 aquela gosma verde que a gente adorava jogar na parede para a mãe da gente ficar tirando e xingando.), e que
 não estava encontrando psiquiatras com especialização em AH/SD. Ele falou para procurar na associação,etc
Mas se propos a responder algumas perguntas que eu tivesse.
  Então galerinha, hora de por 'gelequinha' para funcionar, porque eu vou elaborar as minhas e pensar com muito
 cuidado. E vocês qual o cuidado vocês terão com as suas. Bro o cara viaja a A.L. toda, é Ph.D. e está disposto a
 responder o que quisermos saber. Como eu sou somente 'identificada', não exatamente especializada em nada, tudo escrito aqui é experiência, nada
 baseado em pesquisas (bem... tem sim, muita coisa, mas vamos facilitar, shall we?) então como ele disse, "Sei
 que você deve ter muitas perguntas...- AHHHHHH INFELIZMENTE VOCÊ VAI SE ARREPENDER TIO, EU TENHO
 UM NOVO TESTAMENTO, COM CARA DE VELHO TESTAMENTO, DE PERGUNTAS, BAD PLAY-
então deve demorar um pouco para elaborar o e-mail (OI, É VOCÊ, QUE ESTÁ LENDO, BORA POR MAIS
 DIFÍCIL QUE SEJA, PARA MIM VAI SER UM INFERNO, FAÇA PERGUNTAS CONCISAS, OU TENTE MAIS 
CHEGAR NO PONTO DA PERGUNTA DO QUE O PORQUÊ VOCÊ A ESTÁ FAZENDO, ENFIM, FAST & 
FURIOUS, VOCÊS ENTENDERAM), então lhe darei um tempo para elaborá-lo. E o oposto é verdade, para
 responder demorarei um tempo para pensar e elaborar as respostas.
Então teremos que ter a noção deste tempo" - Claro Dr. porque a gente com AH/SD não temos problemas
 nenhum com ansiedade, somos super chill, a gente curte ver as ondas do mar ouvindo Ventania (o maluco 
dos cogumelos, não a expressão natural).

Então para quem quiser!!!!! EU ODEIO ESSA PALAVRA MAS....PARA-CASA. Quem quiser elaborar questões
para o Dr. Gerner postem nos comentários e deixem BEM claro se quer sua pergunta publicada ou não de
 qualquer forma, a não ser que eu receba tipo, umas 50 questões, todas vão para o e-mail. Quando estiver
 prontinho, saindo do forno pronto para ser enviado, eu publico aqui, com os que não quiseram a sua pergunta
 exibida, rasurada. E bora deixar o Doutor louco com as perguntas mais interiores e mais íntimas, e mais difíceis,
 a quem nunca tivemos para perguntar!
  Eu sei, eu sei.... EUZINHA aqui vou ver, antes do Dr. Garner, fou fazer uma analogia bem tosca, mas é o jeito
 que os médicos ACHAM que te deixam confortáveis, para as mulheres, eu sou médica ginecologista, vejo isso
 o dia inteiro, para os homens, sou especialista em próstata, posição e relaxa.... Viu como tentar relaxar alguém
 pelo fato que você verá sua intimidade, completamente, pode ser tosco, anti-higiênico, e escabroso. O que, vcs
 prefeririam a analogia de imagina todo mundo pelado?!? Você tá no computador, se você quiser
não precisa "imaginar" ninguém, põe o nome da pessoa no google e...puhf, olha fulano ou fulana pelada(o),
funciona melhor? Ótimo!
Sério, eu vou agir como editora e só, não vou entrar na cabeça de ninguém, este será o trabalho do nosso amigo
 de Flaggstaff.
Então combinado? Todo mundo queimando neurônio para o e-mail para o tio americano???
Depois todo mundo mandando pelos comentários explicitando se deseja publicação ou não (mas vai para o 
Dr. de qualquer jeito)
Então 5.... 4.....3....2.....FOI DADA A LARGADA!!!!!!!!!!!!!!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário